Sábado, 08 de Maio de 2021
99 99999-9999
Faz bem saber Saúde

Zumbido no ouvido pode indicar perda auditiva e tem tratamento

90% dos casos de zumbido estão sempre associados com a perda auditiva

11/04/2021 00h12 Atualizada há 3 semanas
Por: Saiba Hoje
90% dos casos de zumbido estão sempre associados com a perda auditiva
90% dos casos de zumbido estão sempre associados com a perda auditiva
No Brasil, cerca de 28 milhões de pessoas sofrem com zumbido, aquele barulhinho no ouvido que lembra um apito, chiado ou panela de pressão. De acordo com a fonoaudióloga Samia Helena Ribeiro, especialista em audição, são muitas as causas que provocam o zumbido, considerado um sinal de alerta para a perda auditiva.
 
A profissional explica que o zumbido é um som percebido pela pessoa sem que haja sem que haja uma fonte sonora. "É um sintoma que varia de intensidade entre os pacientes e pode ser permanente ou temporário. Não chega a ser considerado uma doença, mas sim um sinal de alerta para a deficiência auditiva, situação que pode afetar o bem estar de pessoas das mais distintas faixas etárias", detalha Ribeiro.
 
Cera de ouvido, exposição a ruídos, idade e problemas no labirinto são algumas das principais causas do aparecimento de zumbidos na vida das pessoas.
 
O zumbido pode ocorrer em pessoas mais novas e também mais velhas e dessa forma qualquer dificuldade para se ouvir é sinal de que o médico otorrino deve ser consultado o quanto antes. Em seguida, dependendo do tratamento do paciente, o uso de aparelho auditivo ou cirurgia pode ser a solução.
 
Samia Helena destaca ainda que aproximadamente 90% dos casos de zumbido estão sempre associados com a perda auditiva e que um dos planos de tratamento mais eficazes é o enriquecimento sonoro fornecido através dos aparelhos auditivos. "Quando fornecemos sons adicionais nos quais os ouvidos se devem focar, ou o zumbido se torna menos perceptível ou quase nulo e a longo prazo o paciente tem uma qualidade de vida muito melhor", afirma Ribeiro.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.